RSS

Entre o céu e a terra

26 Out

Georges Romey
Excertos traduzidos

Entre o céu e a terra

Quando há vinte anos me predispus a escutar sonhos, influenciado, entre outros conhecimentos, pelo pensamento freudiano, esperava encontrar, na maior parte dos pacientes, uma problemática dominada pela sexualidade. Cedo me apercebi de que isso só se passava em 30% dos casos. Além disso, fui surpreendido por uma observação. Qualquer que fosse a expectativa inicial das pessoas que vinham às consultas, o desconforto psicológico que manifestavam tinha, na maioria dos casos, uma origem comum.

Sem disso estarem conscientes, todos estes pacientes sofriam, em maior ou menor proporção, de uma dificuldade de posicionamento entre a sua aspiração de realização material e a sua necessidade de realização espiritual.

Uma das tarefas mais difíceis com que se confrontam os homens e as mulheres privilegiados que conhecem a civilização da abundância é justamente a de restabelecer um equilíbrio, que está sempre a ser rompido, entre o apelo dos bens materiais (TER) e a necessidade de realização psíquica (SER).

Num mundo onde o cinismo se instala em nome do combate contra a hipocrisia, onde a lei da competição, ou seja, da comparação, impregna todas as actividades humanas numa proporção absurda, é preciso ter muita consciência para cultivar os valores do Si Mesmo, já que todas as solicitações se dirigem à persona. Um erro não justifica o erro inverso. A época das intolerâncias espirituais não justifica a do horror económico!

Desenvolvi amplamente estes temas nos artigos do Dictionnaire de la Symbolique consagrados ao ouro e às pedras preciosas . Inúmeros exemplos nesses artigos atestam que o/a sonhador/a alcançou a gruta das riquezas, onde brilham o ouro e as pedras preciosas de todas as cores, e que se dá conta de que o tesouro que busca é, na verdade, o tesouro interior.

Em nenhum dos sonhos que escutei houve algum/a sonhador/a que trouxesse da gruta fosse o que fosse. Quando lá chegam, todos se dão conta de que o tesouro que procuram está, de facto, dentro deles mesmos e de que as suas cores luminosas são inalteráveis.

O meu objectivo é mostrar a constância que caracteriza a emergência da relação entre as aspirações terrenas e o apelo da espiritualidade. Algumas frases extraídas de sonhos diferentes ilustrarão, por vezes ingenuamente, por vezes subtilmente, a realidade deste aspecto:

  • Michèle:

    É uma porta maciça, ogival, em madeira, um pouco medieval…uma porta grande, em carvalho…de castelo ou de mosteiro…está rodeada de pedras sólidas…no interior há uma grande sala…é enorme, vazia, nua…há grandes lajes de pedra…também há uma ogiva no tecto…poderia ser uma sala de armas ou uma sala para acolher peregrinos…

  • Jean-Pierre:

    Estou a ver alguém que, de um copo de pé alto, deita vinho de missa…ou champanhe…

  • Elisabeth:

    Voltei à casa pequena…o velho acolhe-me com bondade, mas sem pronunciar palavra…dá-me a entender, ou pelo menos assim o penso, que durante o dia chegou um padre…e um notário…não sei o que isso quer dizer!

  • Pierre:

    Volto a ver a mesma rapariga…chamava-se Marie-Anne, não Marianne, como o símbolo da República,…no entanto, é ambas as coisas ao mesmo tempo…é a jacobina e a mãe e a avó de Cristo…nunca pensei que casasse com um burguês…que escolheria a segurança, o conforto material…mas ela explicou-me que isso lhe conferia liberdade para criar os filhos como quer, para sonhar, para se poder realizar…

  • Marie:

    É uma costura enorme, feita com paus…e vejo que está descosida num lado!…Vejo um cálice…sim, um cálice ou uma taça, um troféu…uma forma perfeita…um cálice de igreja….

 

Etiquetas: , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: