A rosa

Jean Chevalier; Alain Gheerbrant
Dicionário dos Símbolos
Lisboa, Ed. Teorema, 1994
Excertos adaptados

A rosa

Famosa pela sua beleza, forma e perfume, a rosa é a flor simbólica mais utilizada no Ocidente. Corresponde, no seu conjunto, ao lótus da Ásia, estando as duas flores muito relacionadas com o símbolo da roda (a rosácea gótica e a rosa dos ventos marcam, aliás, a passagem de um simbolismo para o outro). A característica mais abrangente do simbolismo floral é a da manifestação: a flor, originária das águas primordiais, eleva-se sobre elas e desabrocha. Continuar a ler

Anúncios

A cor dourada

Georges Romey
Excertos adaptados

A cor dourada

O ouro carrega, como matéria, uma ambivalência pesada, que o torna ora um símbolo de intuição superior ora um símbolo da avidez de poder. Não esqueçamos que pode também ser ocasionalmente conectado com a disposição narcísica.

Quando percorre os cenários que falam dos dourados, o pesquisador é levado a interrogar-se se dourado não poderá ser traduzido por emoldurado*. Há muitas frases construídas em torno de termos como aparência, fachada, decorado, que legitimam uma tal interrogação. Continuar a ler