A lua

menino lua luz sonho m

A lua está ligada aos ritmos biológicos: astro que cresce, diminui e desaparece, cuja vida está submetida à lei universal do devir, do nascimento e da morte, morte essa que nunca é definitiva. Este eterno retorno às suas formas iniciais, esta periodicidade sem fim, fazem com que a Lua seja por excelência o astro dos ritmos de vida, controlando todos os planos cósmicos regidos pela lei do devir cíclico: marés, vegetação, chuvas, fertilidade. A lua rege a renovação periódica, tanto no plano cósmico como no plano terrestre, vegetal, animal e humano.

A lua simboliza também o tempo que passa, o tempo vivo, de que ela é a medida, pelas suas fases sucessivas e regulares. A lua é o instrumento da medida universal.

A lua, astro das noites, evoca metaforicamente a beleza e a luz na escuridão, e, como a sua luz é um reflexo da luz do sol, também é representativa de um conhecimento de caráter intuitivo, subliminar, indireto, por oposição ao conhecimento evocado pela luz do sol, que possui um caráter conceptual e racional.

A lua é também um símbolo do inconsciente, do sonho, do núcleo de infância presente em cada ser humano, da imaginação criadora, que se sobrepõe à mente racional na busca de novos horizontes. Pode ainda representar os valores do feminino, da anima junguiana, e, em particular, o arquétipo materno, no sentido universal e individual.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s