RSS

O Amante Guerreiro

02 Nov

Carol Pearson
The Hero Within
San Francisco, Harper & Row, 1989
Excertos adaptados

Anterior: Além do extermínio do Dragão

O Amante Guerreiro

Ao reconhecer a unidade com a Terra e a interdependência das pessoas, os Guerreiros passam a respeitar as pessoas que controlam as suas próprias vidas, aquelas que abandonaram o controlo das suas próprias vidas, ou aquelas a quem esse controlo foi retirado. Quando abandonam a necessidade de ser melhores, os heróis deixam de se pôr à prova constantemente e podem apenas ser.

Simbolicamente, é importante que, depois de o herói enfrentar o seu medo ao matar o dragão, o Guerreiro volte a casa e case. A recompensa pela sua luta reside no facto de se poder tornar, finalmente, um amante. Sem uma capacidade de afirmação e sem um estabelecimento de limites saudáveis, não pode haver um verdadeiro relacionamento amoroso de igual para igual. Tais capacidades permitem a criação de um relacionamento positivo com outro ser humano, com as instituições e com o mundo em geral. Em última análise, oferecem-nos a possibilidade de amar e saborear a própria vida.

Quando os Guerreiros se encontram ainda numa fase primitiva e procuram afirmar os seus desejos, envolvem-se inevitavelmente em matanças. Por isso, não obtêm bons resultados. Num próximo estádio, porém, aprendem a ser mais subtis e políticos, conseguindo obter com mais frequência aquilo que desejam. Quando os Guerreiros abandonam o controlo do resultado, podem ser mais eles próprios, em todos os momentos da sua vida.

É então que o milagre se dá. Quando abandonam o apego a determinado resultado, quando se esquecem de si e dos seus desejos, quando deixam de querer manipular as pessoas nem fazer com que estas os satisfaçam, os Guerreiros descobrem que os resultados são melhores do que ousariam esperar. É numa situação destas que as concepções budistas de desapego e as crenças místicas judaico-cristãs acerca da transcendência do ego começam a fazer sentido e a serem úteis ao herói.

 
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: